Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

O NOSSO CAMINHO 2023

Alstermo, 26/12/2023

Os Swedish Academy of Motion Pictures Awards, foram esta noite atribuídos em Alstermo, na Suécia, a “The Great Dorito”, como Melhor Argumento para Longa Metragem, Escolha da Crítica e a “O Nosso Caminho”, a Menção Honrosa de melhor filme de smartphone. Os dois projetos têm em comum o autor, Pedro Gil de Vasconcelos.

“O Nosso Caminho” é um documentário que iniciou as gravações exatamente há um ano e retrata uma peregrinação a pé, entre Vila Nova de Gaia e Santiago de Compostela. Nos encontros com a história e com as lendas, mas sobretudo com outros que decidiram também cumprir a mesma caminhada, se encontram as motivações para quem, nos dias de hoje, decide peregrinar até à capital da Galiza.

"Faz hoje (dia 26 de Dezembro n.d.r.) exatamente um ano que comecei as gravações de "O Nosso Caminho" e acho que esta notícia não podia ter chegado em melhor altura... acho que é o melhor presente que poderia querer para o "meu sapatinho". Começou por declarar Pedro Gil de Vasconcelos. 

“The Great Dorito” é um argumento para uma comédia de longa-metragem, que se desenvolve em redor de uma herança, com um final, no mínimo inesperado. Segundo o autor, “a escrita ocupa um lugar cada vez mais importante na minha carreira. “The Great Dorito” foi escrito no inverno passado e entendi que tê-lo a participar em festivais lhe poderia dar a notoriedade, que lhe permita ir mais longe do que ser apenas uma boa ideia. Este foi o oitavo prémio conquistado por este argumento, desde março passado.”

Outros galardões

Ao todo são já 40 os prémios arrecadados por estes e outros projetos do mesmo autor. A saber:

“O Meu Caminho” é um documentário com um ponto de vista muito pessoal sobre o Caminho da Geira e Arrieiros, gravado no Outono de 2021, que soma até à data dez prémios, em festivais em Madrid, Seul, Toronto e Munique, entre outros. Juntam-se ainda três menções honrosas e por duas vezes semifinalista.

“The Magic Is Lost” foi gravado na Turquia, em outubro de 2022 e foi laureado por dez vezes, em festivais como Melbourne, Rio de janeiro ou Singapura, entre outros. Esta obra é uma “micro” documental, dotada de um ponto de vista muito crítico sobre o turismo de massa.

“The Great Dorito” é um argumento para uma comédia de longa-metragem. Detém oito galardões, em festivais internacionais.

“O Nosso Caminho” é a obra mais galardoada, detém até ao momento 13 prémios, destacando-se as recentes vitórias em Hollywood e Nova Iorque e a mais recente de todas, a Menção Honrosa em Alstermo, na Suécia. Integra ainda o programa da próxima edição do Fantasporto.

Escrita

Pedro Gil de Vasconcelos é também autor do livro “Caminhos Que Faço Meus”, uma narrativa parte de Oviedo de onde, segundo a lenda, no século IX o rei Afonso II das Astúrias, se deslocou até ao bosque do Libredón para ver a tumba de São Tiago, com os próprios olhos.

O seu percurso viria a ficar conhecido como o Caminho Primitivo, já que este terá sido o primeiro Caminho a ser percorrido com o objetivo de ir ver o sepulcro do apóstolo. Mil e duzentos anos depois, à semelhança de muitos outros peregrinos, Pedro Gil de Vasconcelos decidiu percorrer este mesmo trajeto, de botas nos pés e bastões nas mãos.

As suas memórias são a sua companhia ao longo dos 320 km que separam a capital das Astúrias da capital da Galiza.

Projetos próximos

“Neste momento tenho já em pré-produção um micro documentário comercial e um outro, sobre uma instituição do Porto, já desaparecida, mas que fez parte integrante do tecido social e económico da cidade, durante quase todo o século passado. Além disso estou ainda completamente empenhado na promoção do meu livro e a preparar já o próximo.”

Gostava ainda de realçar que este projeto só viu a luz do dia porque foi apoiado pela Fundação Santoinho, pela iServices e teve as colaborações de VideoContacto, Ricardo Magalhães Design, e a participação de João Rebelo Martins, que caminhou comigo neste e noutros caminhos." Rematou Pedro Gil de Vasconcelos.

 Pedro Gil Vasconcelos ponte o nosso caminho Durante as gravações de "Caminhos Que Faço Meus" em 26 de Dezembro de 2022.

joao r matins caminho O protagonista do documentário, João Rebelo Martins, durante as gravações.

PGVLivro O autor com "O Caminhos Que Faço Meus"

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.