Racing Wekend Portimão II - Sábado

O Autódromo Internacional do Algarve é este fim-de-semana o placo da última jornada do Campeonato Nacional de Velocidade - TCR Portugal e da Taça Ibérica de Velocidade - TCR Ibérico. 

A competição ibérica poderá já estar decidida a favor de Francisco Abreu, caso se confirme que Francisco Mora não alinhará nas corridas de Domingo, de vido a um toque sofrido na primeira corrida de hoje. 

2ª corrida

Francisco Abreu perfila-se para ser o vencedor da Taça Ibérica de Velocidade – TCR Ibérico, depois de ter vencido a segunda corrida de hoje, em que Francisco Mora não pôde alinhar, devido a não ter sido possível recuperar o Seat depois do toque na corrida inicial. A confirmar-se que o Seat de Francisco Mora não vai ficar pronto para alinhar amanhã, Abreu poderá já comemorar a vitória no TCR Ibérico.

A prova teve um início muito animado, com várias trocas de posições nos lugares da frente. Depois, Abreu tomou a dianteira, ganhou distância a geriu a vantagem na parte final da corrida.

O segundo posto foi discutido quase até a baixar da bandeira xadrez e acabou por ser ganho por Edgar Florindo, seguido por Ricardo Leitão. 

Nos TCR2, André Lavadinho estreou-se com uma vitória.

portimao 2corrida portimao 2corrida2 O momento em que Francisco Abreu assume o comando

Volta a volta

Partida: Edgar Florindo (Seat Leon TCR) partiu na frente. Francisco Abreu (VW Golf GTi TCR) ganhou o primeiro posto na curva 5, depois de passar Florindo, que logo de seguida era fortemente pressionado por Rafael Lobato (Audi RS3 LMS), que o passou antes da recta da meta.

2ª volta:  Edgar Florindo rodava em terceiro, trazendo  Ricardo Leitão completamente colado. Francisco Abreu realizada a melhor volta de corrida, com o tempo de 1m 55,120s.

3ª volta: Francisco Abreu, seguido de Rafael lobato distanciavam-se. Mais atrás discutia-se o terceiro posto e Ricardo Leitão pressionava Edgar Florindo.

4ª volta: Os TCR 2 fazem uma corrida à parte, com Aramando Parente (Honda Civic) a comandar, seguido por André Lavadinho (Seat Leon MKII) e seis décimas.

5ª volta: Abreu estava com uma vantagem de 3,6s para Lobato. Florindo estava  a 4,8s do Audi, mas tinha Leitão a quatro décimas.

6ª volta: Francisco Abreu ficou destacado na frente da corrida. Rafael Lobato baixou para quinto devido a um drive-thru, aplicado por uma saída larga de uma curva, que alegadamene o terá feito ganhar tempo, ainda na primeira volta.

7ª volta: José Cautela (Seat Leon TCR) aproximou-se de Leitão e estava a rodar a meio segundo. Armando Parente saiu na curva dez, mas conseguiu chegar à box pelos próprios meios. André Lavadinho passou para primeiro nos TCR 2.

10ª volta (final): Francisco Abreu venceu, com uma vantagem de 18,445s sobre Edgar Florindo, que por sua vez trazia Ricardo Leitão a 1,4s. José Cautela foi quarto, à frente de Rafael Lobato.

André Lavadinho cortou a meta em sexto, venceu nos TCR 2, à frente de Simplício Taveira.

portimão lavadinho André Lavadinho (Seat Leon MKII)

Disse o vencedor - Francisco Abreu

"Correu bem, mas o arranque não correu como queria, na outra corrida tinha corrido melhor. Chegamos os três, eu, o Rafael e o Edgar lado a lado ao fim da primeira curva. Andamos ali numa batalha. Chegamos a seguir ao gancho, o Rafael saiu muito fora, eu cheguei atrás do Édgar e vi ali uma oportunidade. O Edgar conseguiu fechar, foi um “close racing” mas consegui ganhar a primeira posição e conseguir um bom ritmo e levar o nosso Golf que tem estado incrível durante o fim de semana. A equipa tem feito um excelente trabalho."

portimao podium2 

1ª corrida

Francisco Abreu venceu a primeira corrida e deu um passo largo em frente na direcção da vitória do Troféu Ibérico de Velocidade, tanto mais que Francisco Mora, o líder da classificação da Taça, deu um passo atrás.

Mora ficou de fora logo nos primeiros metros da corrida. Edgar Florindo tocava em Manuel Gião, que por sua vez não conseguiu evitar o toque, esse mais forte, no Seat de Mora. A corrida terminava por aí para ambos.

Edgar Florindo escapava à confusão e colocava-se no segundo posto, seguido de muito perto por Patrick Cunha. Na última volta, Cunha ganhou o segundo posto, por troca com Florindo.

Nos TCR 2 a vitória sorriu a João Sousa.

As primeiras três voltas foram corridas com Safty Car, devido ao toque do início da corrida.

portimao tcr corrida 1 2017  Partida e toque da 1ª Corrida portimao pelotão

Volta a volta

Partida: Francisco Abreu (VW Golf GTi TCR) arrancou bem e colocou-se na frente. Francisco Mora (Seat Leon TCR) foi tocado por Manuel Gião (Seat Leon TCR), que por sua vez tinha sido tocado por Edgar Florindo (Seat Leon TCR). O safty Car entrava em pista, enquanto os carros de Mora e Gião eram retirados.

4ª volta: Saída do Safty Car e Edgar Florindo arrancava melhor e colocava-se em primeiro. Logo de seguida Francisco Abreu recuperava a liderança da Corrida. Edgar Florindo passou a ser seguido de muito perto por Patrick Cunha, que era terceiro. João Sousa era o líder dos TCR 2.

5ª volta: Francisco Abreu distanciava-se e ganhava uma vantagem de oito segundos sobre  Edgar Florindo  que tinha que defende-se dos ataques de Patrick Cunha. João Batista desistia com o motor do Kia Cee´d TCR a sobraquecer, devido a uma fuga no radiador, provocada por uma pedrada.

6ª volta: Francisco Abreu realizava o melhor tempo de volta em corrida, com: 1m 54,972s.

7ª volta: a diferença entre Edgar Florindo e Patrick Cunha era da ordem das duas décimas de segundo. João Carvalho (Seat Leon DSG TCR) era quarto e João Sousa subia para a quinta posição, primeira dos TCR 2, seguido por Nuno Santos (VW Golf) e Armando Parente (Honda Civic Type R).

9º volta (final): Francisco Abreu vencia, com uma vantagem de 9,8 segundos sobre Patrick Cunha.  Edgar Florindo cortava 2,1 segundos após o homem do Audi.

João Carvalho era quarto, seguido de João Sousa, Nuno Santos e Armando Parente. Nestes três últimos, resume-se o pódium dos TCR2.

Disse o vencedor - Francisco Abreu

"Foi uma corrida boa! Beneficiamos no arranque, a malta de trás teve uma ligeira confusão mas depois, no safety car, voltamos a reduzir a vantagem entre todos. No safety car calculei mal o espaço para a frente, não consegui entrar na reta a fundo e ainda perdi duas posições na reta, que consegui recuperar logo na travagem. Depois fomos gerindo, conseguir um bom ritmo de corrida e conseguimos a vitória."

portimao tcr corrida 1 podio 2017 Pódio da 1ª Corrida

Qualificação: Pole-positions para Francisco Abreu

Na sessão de qualificação os tempos voltaram a baixar, mas o equilíbrio de forças manteve-se idêntico ao das sessões de treino livres e Francisco Abreu, voltou a assinar os melhores tempos.

A pista estava mais rápida e os tempos baixaram cerca de um segundo e se é certo que Abreu (VW Golf GTi TCR) voltou a ser o mais rápido, Com  tempo de 1m 54,469 é igualmente certo que Francisco Mora (Seat Leon TCR) voltou a ser segundo, desta feita a três décimas. Manuel Gião (Seat Leon TCR)  “falhou” o segundo posto por 49 milésimas de segundo.

Na segunda qualificão, que vai determinar a grelha de partida da primeira corrida de Domingo, Rafael Lobato (Audi RS3 LMS) começou bem, fez a melhor volta em mas pouco depois Francisco Abreu voltava a ser mais rápido, batendo o piloto de Vila Real por 19 centésimas.

Fechadas as contas das qualificações e Francisco Abreu vai partir da Pole Position as duas corridas do fim-de-semana, com Francisco Mora a dividir a primeira linha na corrida de hoje e Rafael Lobato na de amanhã, Domingo.

João Sousa e André Lavadinho (Seat Leon MKII) vão partir como melhor TCR2 em ambs as corridas.

portimao abreu livres Francisco Abreu (VW Golf GTi TCR)