Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

O primeiro confronto

logo racing weekend 2018

O Circuito Vasco Sameiro, na Palmeira em Braga, vai ser o palco do “primeiro confronto” do Campeonato de Portugal de Velocidade Turismos – TCR Portugal, já no próximo fim-de-semana, 26 e 27 de Maio.

Ao todo, vão ser mais de seis dezenas de pilotos que vão estar envolvidos na jornada, que junta os Campeonatos de Portugal de Velocidade Clássicos, Clássicos 1300, Legends e, claro, o TCR Portugal, Campeonato de Portugal de Velocidade Turismos, que junta ainda as Supercar Series.

A junção dos TCR e das Supercar Series, é um reforço de interesse para as corridas, pois por um lado o CPVT recebe mais “gente na grelha”, mas também os GT e todos os outros poderão comparar o andamento com os TCR.

Entre as equipas presentes, destaque para algumas, que certamente vão discutir a primazia entre os TCR, como é o caso da Veloso Motorsport, do Team Novadriver, da Speedy Motorsport e da Sports & You, que vai estrear entre nós o Peugeot 308 TCR. Realce ainda para o facto desta corrida juntar uma dezena de pilotos em pista.

Para os Clássicos, Clássicos 1300 e Legends, este vai ser o segundo “encontro” da época, se bem que com listas ainda mais “recheadas” do que no Estoril, como é o caso dos Legends.

O programa arranca já no Sábado de manhã com a realização de treinos particulares. O programa oficial "abre" às 14,10 com as sessões de treinos oficiais e as qualificações. As corridas realizam-se todas no Domingo, a partir das 10,15 horas.

A organização está a cargo do Clube Automóvel de Vila Real. 

braga cnvt partida Campeonato de Portugal de Velocidade Turismos - TCR Portugal  (Braga arquivo 2017; foto por NunOrganista)

braga cncc partida Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos (Braga arquivo 2017; Foto por NunOrganista)

braga cncc1300 Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300 (Braga arquivo 2017; Foto por NunOrganista)

braga lcc partida Campeonato de Portugal de Velocidade Legends (Braga arquivo 2017; Foto por NunOrganista)

 

Circuito de Braga já em Maio

logo racing weekend 
O arranque do Campeonato de Portugal de Velocidade Turismos / TCR Portugal está confirmado para 26 e 27 de Maio.
 
A Full Eventos, promotora do
​s Campeonatos de Portugal de Velocidade 
tem já garantida a realização da jornada de abertura do Campeonato
​ de Portugal de Velocidade Turismos/TCR Portugal​
, no Circuito Vasco Sameiro, como previsto. Juntamente serão disputadas as restantes competições Racing Weekend, os Campeonatos de Clássicos, Clássicos 1300 e Legends, aos quais de se junta ainda a jornada inaugural do Super Cars
​.

A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting,deu já a aprovaçãodo do arranque do​s Campeonatos de Portugal de Velocidade​ ​em Braga, estando apenas por definir, pela entidade federativa, qual o clube que vai organizar a prova.

braga cnvt mora lobatoTCR Portugal (arquivo Braga 2017)

estoril classicos largada Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos e Clássicos 1300 - Arquivo Estoril 2018

Racing Weekend Estoril - Domingo

Carlos Vieira venceu a segunda corrida do CPV Clássicos confirmando os bons indicadores deixados na véspera desta jornada inaugural do Racing Weekend 2018, disputada este fim de semana no Circuito do Estoril.

Bruno Pires levou a melhor nos Clássicos 1300 enquanto Nuno Figueiredo levou a Volvo 850 T5 Estate ao primeiro lugar dos Legends.

Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos (CPVC)

Vieira e Silva brilham em tarde cinzenta

Na categoria do H75, Carlos Vieira em Ford Escort RS1600 e João Macedo e Silva, no Porsche 911 RSR protagonizaram uma luta que arrancou palmas nas bancadas do Estoril.
No final, Carlos Vieira foi o primeiro a ver a bandeira xadrez, seguido por Macedo e Silva, mas dentro do mesmo segundo.
O Porsche arrancou melhor, mas na primeira travagem no final da reta Vieira assumiu a liderança, pouco depois Macedo e Silva voltou a reclamar o comando e foi assim de início a fim,  uma constante troca de posições.
Bem esteve também Rui Alves, em Escort RS1600, que partiu do final da grelha e teve que fazer uma corrida de trás para a frente. Contudo, segunda passagem pela meta já tinha assegurado a terceira posição, fechando o pódio do H75.
Nos H71/Taça 1600, Filipe Matias em Lotus Elan comandou de início a fim, deixando o segundo posto para Joaquim Soares, também com um Lotus Elan, mas já com uma diferença considerável.
Rómulo Mineiro triunfou entre os Grupo 5, numa corrida pautada pela regularidade e foi quinto na tabela. O segundo posto deste grupo ficou reservado para Bernardino Silva, também em Ford Escort RS 2000.
Ricardo Rajani, partiu de trás, mas venceu nos H81 e levou o BMW 535i ao oitavo posto da geral.
No Grupo 5/1600 Luís Carlos voltou a impor-se com o Ford Anglia.
João Cruz (BMW 323i E21) liderou o Grupo 1/3, enquanto Paulo Lima conquistou a vitória nos H71 com o Alfa Romeo 1750GTA

Dizem os Vencedores

Carlos Vieira

"Correu bem, hoje conseguimos estar sempre mais perto do João. O tempo estava um bocado mais fresco, os nossos pneus não sofreram tanto e conseguimos manter o ritmo. Acabamos por nunca ter velocidade para ele, eu estava sempre à espera de um erro. Depois começou a chover, complicou um bocadinho para os dois mas depois encontrei umas linhas para fazer uma boa velocidade em curva e deu atacar na última curva e conseguimos ganhar, estamos muito contentes!"

estoril carlos vieira 1 Carlos Vieira (Ford Escort RS)

estoril joao macedo 2 João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR)

estoril joao macedo 3 João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR)

Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300 

Pires conquista o pódio 

A vitória na segunda corrida do fim-de-semana dos 1300 ficou reservada para Bruno Pires, que ainda levou o Datsun 1200(H71) ao décimo posto da geral e que segundo o mesmo tirou alguma vantagem do ligeiro aguaçeiro que "caiu" a meio da corrida.
Carlos Cruz, também em Datsun 1200 foi segundo seguido de perto do Morris MINI 1275 GT de Filipe Nogueira.
Luís Alegria foi uma das baixas de peso neste pelotão, não chegando a alinhar devido aos problemas mecânicos sentido na corrida de ontem. O mesmo destino teve Carlos Santos, vencedor da corrida disputada ontem que cedo ficou pelo caminho.
O Datsun 120Y de Fernando Charais, reservou a melhor posição entre os H75.

Dizem os Vencedores

Bruno Pires

"Esta prova correu bem, foi uma prova muito interessante. A chuva no meu caso veio me ajudar bastante, senti-me sempre bem a conduzir à chuva, independentemente de ter pneus slik, gosto muito de conduzir. A pista estava molhada, estava perigosa, portanto, com as cautelas necessárias consegui fazer uma boa prova e ganhar. 

O arranque também foi muito importante, posicionei-me bem na trajetória que pretendia e depois geri. O carro estava equilibrado, estava competitivo, aguentou e agora têm de vir mais!"

estoril bruno pires Bruno Pires (Datsun 1200)

estoril carlos santos Carlos Santos (Datsun 1200)

estoril classicos 1300 CPV Legends

Campeonato de Portugal de Velocidade Legends

Nuno Figueiredo de início a fim

O piloto da Volvo 850 T5 Estate, partiu da terceira linha da grelha, mas no final da reta da meta levou a melhor sobre José Meireles e os Saxo Cup dos irmãos Camilo. Comandou a prova de início a fim. 
Menos sorte teve José Meireles, que na terceira volta, quando rodava em segundo, viu o Toyota Carina E começar a perder potência e abandonou a luta pelos lugares cimeiros.
Muito interessante foi o duelo entre Fernando Mayer Gaspar em BMW 325i (L99) e o Saxo Cup de Emanuel Camilo. Mas à oitava passagem pela meta tudo de definiu. Emanuel fechou o pódio e venceu entre os L99/2000. António Camilo foi quarto à geral e segundo entre os L99/2000.
Igualmente merecedor de registo foi a luta particular na Especial, protagonizado entre o Starlet de Olavo Ribeiro e o M3 de Eduardo Passos. Porém,  a três volta do fim, o Toyota começou a revelar problemas de aquecimento e Ribeiro abandonou, entregando a vitória a Passos.
António Barros em Alfa Romeo 156 venceu no FEUP 3, Manuel Mota entre os L90 e Pedro Carvalho no FEUP2.
Fernando Mayer Gaspar  assinou a volta mais rápida com um tempo de 2m04,693s.
A transmissão do Saxo Cup traiu as aspirações de Pedro Alves que, depois de ter vencido ontem, não conseguiu alinhar nesta segunda prova.

Dizem os Vencedores

Nuno Figueiredo

"Esta prova foi muito boa, aproveitei a grande vantagem da Volvo no arranque para passar logo para a frente no final da reta. Depois foi forçar sempre nos primeiras voltas, mantive alguma distancia para o segundo classificado. Durante a metade da prova fui conseguindo gerir a distancia e no final já estava a ser alvo de alguma pressão do segundo classificado e tive de forçar mais um pouco, foi mesmo até ao final a 110% mas felizmente consegui chegar ao final sem problemas e com vitória, que é o mais importante."

 estoril nuno figueiredo Nuno Figueiredo (Volvo 850 T5 Estate)

Racing Weekend Estoril - Sábado

Cinco dezenas de carros apresentaram-se na chamada para a primeira corrida do fim-de-semana, no Estoril.
João Macedo e Silva na frente do pelotão do CPVC. Carlos Santos e Pedro Alves destacaram-se nos CPVC 1300 e CPVCL.

Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos (CPVC)

Macedo e Silva e o quarteto dos RS

João Macedo e Silva, em Porsche 911 RSR começou a época como terminou a última... a vencer. Depois do melhor tempo nos treinos, assinou a volta mais rápida, na segunda, com 1m 53,083s. 

“É sempre bom acabar em primeiro se bem que a minha vida não foi facilitada pelo Carlos Vieira. Teve uma vantagem interessante no início mas depois consegui passá-lo, distanciei-me e consegui manter a posição até final”, referiu o vencedor.

No final deste “duelo” Carlos Vieira, em Ford Escort RS1600, segundo classificado no H75, fez um balanço muito positivo. “Vim sobretudo para me divertir e estar com amigos, mas este resultado mostra que temos argumentos para discutir os lugares da frente”.

O pódio desta classe fechou com Rui Costa, que fez uma corrida sempre em ritmo crescente, chegou mesmo a rodar na segunda posição, mas na penúltima volta acabou por entregar o lugar ao Campeão Nacional de Ralis em título.

Joaquim Jorge e Rui Azevedo, fecham por esta ordem o Top Five e a armada dos RS 1600 para os H75.

Filipe Matias em Lotus Elan, assegurou a vitória nos H71, que viu ficar para trás, logo na segunda volta, o Lotus de Joaquim Soares que abandonou.

No Grupo 5, Rómulo Mineiro e Bernardino Silva, ambos em Ford Escort RS 2000, reservaram o primeiro e segundo lugares do pódio, que fechou com o BMW 635CSI de João Paulo.

O Ford Anglia de Luís Carlos (1.º no Grupo 5/1600) e Pedro Serrador aos comando do BMW 323i (1.º Grupo 1/3), completaram, por esta ordem o Top Ten desta jornada inaugural Estoril. 

estoril classicos largada Partida da Corrida 1 do CNV Clássicos

estoril joao macedo João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR)

Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1300

Santos leva a melhor nos 1300 

Carlos Santos em Datsun 1200, conquistou a vitória na primeira corrida da temporada.

O segundo posto ficou reservado para Luís Alegria, que comandou desde início a corrida, mas “talvez tenha pago demasiado caro, o entusiasmo com que rodou desde início da corrida”, adiantou o mesmo, que viu o Datsun 1200, começar a perder potência a duas voltas do fim.

 Fernando Charais, também em Datsun 1200, fechou o trio entre os H75.

Já entre os H71 assistiu-se ao triunfo de Bruno Pires, seguido por Carlos Cruz, ambos em Datsun 1200. Paulo Miguel em MG MIDJET, volta após volta foi conquistabdo posições “à geral” e terminou em terceiro, este primeiro encontro dos 1300.

estoril carlos santos Carlos Santos (Datsun 1200)

Campeonato de Portugal de Velocidade Legends

Pedro Alves gere vantagem

Pedro Alves comandou o pelotão dos Legends de início a fim, confirmando o trabalho da sessão de qualificação.  “Ontem consegui a pole à geral, a partir daí sabíamos que tinhamos argumentos, mas o importante era ganhar a classe porque é o nosso campeonato. Apostei forte desde início e consegui ganhar a batalha nas primeiras voltas, depois foi gerir até ao fim. Não posso dizer que foi uma corrida complicada, foi uma corrida de gestão”, referiu o piloto do Saxo Cup.

Com o Toyota Carina E já a 100%, José Meireles, que começou por assistir ao “duelo” entre Nuno Figueiredo e Rui Gonçalo, assumiu o segundo posto, na quinta passagem pela meta e não largou mais até final

Emanuel Camilo (Citroën Saxo Cup) apesar de ter perdido algum tempo na fase inicial da corrida, começou a subir lugares e terminou na mesma posição que tinha registado nos treinos, em terceiro, fechando desta forma o pódio do L99/2000.

Já na categoria dos L99 a Volvo 85 T5 Estate de Nuno Figueiredo, levou a melhor sobre José Mota em Peugeot 106 GTI e o VW Golf GTI de Madalena Gaspar, segundo e terceira.

Eduardo Passos com o BMW M3 venceu a disputa particular, na categoria Especial, frente ao Toyota Starlet de Olavo Ribeiro, deixando para trás o Honda Civic de Sérgio Pinto que ficou na segunda volta.

Telmo Gomes  (Alfa Romeo 156) e Paulos Ferraz (Fiat Punto), conquistaram, as primeiras posições nos FEUP 3 e 2, respetivamente.

estoril legends largada Partida do CNV Legends

estoril pedro alves Pedro Alves (Citroen Saxo)

Racing Weekend Estoril - Sexta-feira

logo racing weekend

A época de velocidade abriu hoje no Autódromo Fernanda Pires da Silva, com a realização das sessões de qualificação para as corridas do fim-de-semana.

Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos (CVPC), Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos 1.300 (CVPC 1.300) e Campeonato de Portugal de Velocidade Legends estiveram em pista (CPVL). Amanhã, Sábado e depois, Domingo, vão ser disputadas as corridas.

CPVC

João Macedo e Silva impôs o Porsche 911 RSR, fez o melhor tempo da qualificação, com 1m 52,399s e deixou os Ford Escorts a discutirem décimas pelas posições seguintes. A segunda melhor marca foi assinada por Carlos Vieira, com mais 1,354s, que aproveitou a pausa no calendário dos Ralis, para vir reviver o Autódromo Fernanda Pires da Silva. Rui costa a 1,037s do Campeão Nacional de Ralis em título, foi terceiro, à frente de Joaquim Jorge, que ficou a 63 centésimas. Rui Azevedo fechou o top cinco e os H75 dominaram as posições da frente.

Nos H71, a luta foi igualmente animada, desta vez numa “contenda” entre Lotus Elan, em que Filipe Matias, levou a melhor sobre Joaquim Soares, a diferença foi de 3,9 segundos. Simultaneamente foram também os melhores na Taça 1600. Sexta-feira 13 e o azar ainda bateu à porta de Soares, quando o Lotus perdeu a roda traseir esquerda e acabou imobilizado na gravilha a seguir à Curva 2.

No Grupo 5 cada décima fez diferença e depois da melhor marca ser discutida “ao pelo”, Rómulo Mineiro, que estreia um Ford Escort RS, levou a melhor por duas décimas, sobre o BMW 635 Csi de João Paulo, que por sua vez também tinha sido duas décimas mais rápido do que Bernardino Silva em Ford Escort RS 2000.

Fernando Xavier é um habitual mais rápido nos H81, com o Volkswagen Sirocco e Pedro Serrador (BMW 323i) foi também mais lesto nos Grupo 1. João Vieira (Volksvagen Karmann Ghia) fez o melhor tempo dos H65.

estoril macedosilva sexta João Macedo e Silva (Porsche 911 RSR)

CPVC 1300

Luís Alegria (Datsun 1200) rodou em 2m 05,293s e dessa forma foi o mais rápido 1300, sendo também o melhor dos H75

Ainda nos H75, uma luta bem interessante, envolveu João Braga e Carlos Santos, ambos em Datsun 1200, que separados por nove décimas, foram respectivamente segundo e terceiro.

Nos H71 Filipe Nogueira fez o melhor tempo (2m 08,159s), ao volante do Morris Mini 1275Gt, bateu Carlos Cruz (Datsun 1200) por dois segundos.

Paulo Miguel levou o MG Midget ao terceiro posto do H71.

estoril datsun estoril alegria sexta Luis Alegria (Datsun 1200)

CPVL

Pedro Alves (Citroen Saxo Cup) rdou em 2m 01,553s, fez a melhor marca da sessão e como tal foi o melhor dos L99, com uma margem de 1,183s de vantagem sobre Rui Gonçalo (BMW M3)

José Meireles não escapou a um susto. Durante os treinos livres o motor do Toyota Carina E partia e quase comprometia a participação. Felizmente ficava pronto a tempo de alinhar na qualificação, onde seria terceiro dos L99, com uma diferença de meio segundo para Gonçalo.

Sérgio Pinto (Honda Civic) tinha que suar para ser o melhor da categoria Especial, pois Eduardo Passos (BMW M3) andava por perto

Nos Alfa-Romeo do Desafio Único FEUP3, Telmo Gomes era o mais rápido e a dupla Paulo Ferraz / Pedro Carvalho tinha um desempenho semelhante nos FEUP2.

António Castro e Manuel Mota (Volkswagen Golf GTI) eram os melhores nos L90.

estoril saxo sexta Pedro Alves (Citroen Saxo)