Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

 

Completa Mente – Comunicação e Eventos, Lda. nasceu em Março de 2002. Nessa altura foi criada para desenvolver conteúdos televisivos e desde então temos feito isso e mais algumas coisas.

Actualmente continuamos a desenvolver conteúdos, promovemos relacionamento com os media e fazemos promoção desportiva. A criação de conteúdos televisivos e audiovisuais é que saiu da Completa Mente e passamo-la para a nossa associada CIA, que o faz muito bem, diga-se.

Na nossa forma de estar preferimos desenvolver os projectos numa perspectiva focada no cliente e nas suas urgências. Fazemos tudo para prestar um serviço personalizado, com parâmetros de qualidade e fundamentalmente resultados elevados.

 

 
completamente comunicacao e eventos

logo ptrx preto

Sol e calor fizeram parte do programa das corridas, da segunda jornada do Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy, PTRX, que se está a disputar na Vila de Mação.

Hoje, Sábado, foi tempo de sessões de treinos e das primeiras corridas de qualificação, estando as segundas e terceiras corridas e as finais agendadas para amanhã, domingo.

Kartcross

Jorge Gonzaga (ASK EVO18) foi o mais rápido na primeira corrida de qualificação, tendo vencido a respectiva serie.

Pedro Rosário (Semog Bravo ER) ganhou a outra serie, mas neste caso a vitória foi arrancada a ferros, com Nuno Bastos (ASK EVO) a rodar colado, no entanto, uma penalização colocava-o no quinto posto.

José Luís Pereira (AG Sport) ficava com o terceiro lugar, à frente de José Carlos Pinheiro (Semog), de Nuno Bastos e Mário Rato (Semog Revolution SR).

macao joca sab Jorge Gonzaga (ASK EVO 18) macao rosario sab Pedro Rosário (Semog Bravo ER)

Super Buggy

António Santos (Toniauto TT) impôs-se na primeira corrida de qualificação, bateu Rui Godinho (Atmos Storm) por três segundos e meio. Paulo Godinho (Super Buggy PG) é que não estava com nehuma vontade de ficar atrás do filho (Rui) e esta luta e pai contra filho, foi o ponto quente da corrida, a diferença entre ambos foi de uma décima de segundo.

Nelson Barata (Toniauto Power nb)comandou o segundo grupo, se bem que tinha António Estêvão (Can Am Bombardier), completamente colado, a menos de meio segundo. Arménio Rodrigues (GRT MXG), encerrou o grupo da meia dúzia de frente.

macao santosTT sab António Santos (Toniauto TT)

Super Iniciação – Troféu Ernesto Gonçalves

João Novo (Peugeot 106) dominou as duas corridas de sábado, que ganhou. A oposição veio de Rafael Rocha (Peugeot 106), que foi sempre seguido por Rodrigo Correia.

Não fora a estreia de João Barroso (Fiat Uno) e quase se poderia dizer que estávamos perante as mesmas corridas de Lousada. João Barroso, alinha com um carro menos potente, um 1.000c.c., contra os 1.400c.c dos restantes. Além disso está mais empenhado em aprender e adaptar-se, do que em meter-se em confusões.

macao novo sab João Novo (Peugeot 106)

Super Nacional 2RM

Santinho Mendes (Opel Astra) está praticamente a correr em casa. De Abrantes a Mação é meia hora de carro (sem exceder limites) e por isso foi perante o “seu” público que Santinho ganhou as duas corridas.

O segundo posto foi muito discutido. Paulo Reis (Peugeot 306) e Arlindo Martins (Peugeot 306) revezaram-se no segundo posto, numa espécie troca e baldroca, em que um era segundo e o outro terceiro e na corrida seguinte trocavam. Ambos ficaram com cinco pontos, reis foi segundo por desempate.

Adão Pinto (Opel Astra) era sempre quarto, à frente de Fernando Silva (Seat Ibiza TDI) e de Nuno Pereira (Opel Kadet).

macao santinho domingo Santinho Mendes (Opel Astra)

Super Nacional A1.6

Luís Morais (Peugeot 106 Gti) e Pedro Tiago (Citroen Saxo) venceram uma vez cada um e foram segundos outra vez cada um. Luta acesa, empatados em pontos nas contas das duas corridas, mas o desempate foi favorável a Morais.

O terceiro posto foi igualmente disputado. Leandro Macedo (Citroen Saxo Cup)fez quarto na primeira corrida e na seguinte fez o terceiro lugar que lhe deu igual resultado no cômputo das duas corridas de Sábado à tarde.

Daniel Sousa (Peugeot 106) bateu o pé a Macedo na corrida um, mas de seguida foi quinto isso deu-lho o quarto posto do dia.

Jorge Costela é que não começou nada bem o dia. Ao deslocar-se das verificações técnicas, no centro da Mação, para a pista, viu o capô do Citroen Saxo abrir-se e partir-lhe o parabrizas. Nas corridas ficou com o quinto posto, à frente de Leonel Sampaio (Citroen Saxo).

macao morais sab Luís Morais (Peugeot 106)

Super 1600

José Eduardo Rodrigues (Peugeot 206 S1600) fechou as contas do dia na frente da classificação. Venceu a segunda corrida, tinha sido segundo na anterior e isso deu-lhe a liderança para as provas de amanhã.

Joaquim Machado (Peugeot 206 S1600) começou com um terceiro posto, a seguir foi segundo e os cinco pontos deram-lhe a vice-liderança após as corridas de hoje.

Ricardo Soares depois de ser quarto nas duas vezes, ficou com mais baixo do pódium provisório.

João Ribeiro começou com o pé direito. Ganhou logo a primeira corrida, mas saiu mal da segunda, com problemas de motor no Citroen Saxo S1600, que nem sequer chegou a ver a bandeirada xadrez, foi quinto.

António Sousa (Citroen C2 S1600) fechou as contas com o sexto posto.

macao jerodrigues sab José Eduardo Rodrigues (Peugeot 206 S1600)

Super Car e Super Nacional 4WD

Pedro Matos (Citroen DS3) dominou nas duas corridas e por isso foi primeiro classificado após as corridas de hoje.

José Lameiro falhou o arranque na primeira corrida, perdeu muito tempo e dessa forma cortou a meta em terceiro. Na corrida seguinte teve que correr atrás do prejuízo para conseguir o segundo posto.

Ademar Pereira (Subaru Impresa) fechou as contas com o terceiro posto e é também o melhor da Super Nacional 4WD.

macao matos sab Pedro Matos (Citroen DS3)