Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.

Portugueses no WRX de Montalegre

Em Montalegre decorre a segunda jornada do Campeonato do Mundo de Ralicross, que até ver não tem sido benéfica para as cores nacionais, no que à Super 1600 e à Supercar diz respeito.

Kartcross

Os kartcross alinharam como corrida de apoio e Pedro Rosário (Semog Bravo ER) explicou a todos porque é o Campeão em título e venceu a primeira corrida de qualificação à frente, justamente, do vice-campeão, José Luís Pereira (AG Sport).

Vindo de Espanha veio o terceiro classificado, Javier Lucena, mas aos comandos de um kartcross português, nada mais do que um Semog.

Alexandre Borges e Borja Gonzalez, ambos em Semog Bravo, completaram o grupo dos cinco da frente.

Super 1600

Esta tarde foram já disputadas duas corridas de qualificação, que não foram meigas para as aspirações nacionais.

Hélder Ribeiro sofria um capotanço nos treinos, que deixava o Citroen C2 S1600 desalinhado e comprometia as corridas de qualificação.

Mário Teixeira (Ford Fiesta S1600) tinha um toque na primeira corrida, motivado pelo acelerador que ficava colado no final de recta da meta e por isso, batia e afectava o radiador, comprometendo a qualificação

Após as segundas corridas de qualificação, Hélder Ribeiro e Mário Teixeira não iam além da 23ª e 24ª posições, respectivamente.

wrx hribeiro Hélder Ribeiro (Citroen C2 S1600) wrx mteixeira Mário Teixeira (Ford Fiesta S1600)

Supercar

Problemas de motor afectaram as duas participações nacionais. A mecânica do Ford Focus não permitiu melhor do que o 16º lugar a Joaquim Santos. Um problema no intercooler, qu estava estalado, não permitia ao Focus dispor de toda a potencia.

Mas pior ainda esteve Mário Barbosa que não terminou a primeira e nem sequer pode alinhar na segunda corrida, devido a problemas no arrefecimento do motor do Citroen DS3. Barbosa terminou o primeiro dia em 18º.

2K6A9907 Mário Barbosa (Citroen DS3)

Amanhã, Domingo, disputam-se as terceira e quarta corridas de qualificação, que vão definir quem tem acesso à finais, que vão ser corridas à tarde.